Seja suficiente

Nunca deixe te dizerem que você está perdendo tempo quando está fazendo algo que gosta em vez de estar fazendo “algo realmente útil”. Sua cabeça explode se você não se doar por inteiro em algo que te interessa e te traga paz. As pessoas também podem ser solução para a angústia que carregamos no peito, porque todas elas são feitas de amor e para amar e mesmo que tenham se fechado para isso, o amor que existe dentro delas não aguenta ficar preso por muito tempo e o amor é paz, é fortaleza, é esperança, é humildade, é perdão e, acima de tudo, é livre. Continuar lendo “Seja suficiente”

Anúncios

Válvula de escape

Escrever para mim é libertar meus sentimentos, é ser eu mesma, é conversar comigo mesma de uma forma que faz mais sentido que falar sozinha e que cantar no chuveiro, é colocar em um papel o que não cabe dentro de mim.

Continuar lendo “Válvula de escape”

O primeiro conto

 

Um amor para a vida toda

   Lembro como se fosse ontem de uma menina chamada Júlia que conheci no parque certa vez e que depois de anos de sua amizade, resolveu contar-me algumas histórias da sua infância. A menina tinha os cabelos e olhos castanhos, 6 anos de idade na época, com um amor imenso pela família, mas, ao mesmo tempo, vítima de pensamentos horríveis de culpa existencial. Continuar lendo “O primeiro conto”