Você é incrível

Paciência? Talvez seja a chave. Quem sabe?

É incrível a capacidade do ser humano de sentir, de ser, de não entender e de seguir. A capacidade de amar, de se doar, se entregar, preocupar e estar. Cada um nasceu de um infinito para outro. Para aquele que tem dentro de si e para o qual lhe é apresentado. Cada um nasce com o coração cheio, mas falta. Falta o que lhes transborde. Continuar lendo “Você é incrível”

Anúncios

Aquário – conto

Era um dia bem nublado e havia muitas expectativas no ar, era um dia importante para Camille. Aquele era o dia em que ela visitaria pela primeira vez um aquário e verias tantos animais diferentes que ela nem imaginava. Antes de entrar no aquário, Camille e sua família tiveram que esperar em uma fila que fazia curva no estacionamento e, apesar de ser uma grande espera, isso não incomodava a menina que chegou até agachar no chão para esperar, mas começou a chover para o desespero de todos que ali estavam e eles tiveram que se apertar embaixo  da marquise do local enquanto a fila andava. Quando chegou a vez de sua família entrar, Camille não sabia para onde olhar, eram muitos animais diferentes e muitos detalhes para reparar, sem contar que a beleza do tanque de peixes que fazia uma espécie de túnel para as pessoas passarem, era enorme e impressionava. Continuar lendo “Aquário – conto”

O primeiro conto

 

Um amor para a vida toda

   Lembro como se fosse ontem de uma menina chamada Júlia que conheci no parque certa vez e que depois de anos de sua amizade, resolveu contar-me algumas histórias da sua infância. A menina tinha os cabelos e olhos castanhos, 6 anos de idade na época, com um amor imenso pela família, mas, ao mesmo tempo, vítima de pensamentos horríveis de culpa existencial. Continuar lendo “O primeiro conto”